MICROAGULHAMENTO

A técnica milenar que tem conquistado o mundo da estética

 

O microagulhamento é uma técnica milenar, que surgiu na China quando os médicos espetavam o rosto dos pacientes com o objetivo de extrair substâncias do organismo.

Hoje em dia o microagulhamento é utilizado na estética para tratar de para várias disfunções estéticas da pele, como cicatrizes de acne, rejuvenescimento facial, estrias, alopecia, lipodistrofia ginoide, calvície e melasma.

Para a esteticista Natalia M. Bannwart Buttendorf “o microagulhamento revolucionou os resultados na estética, porque até então nós profissionais esteticistas tínhamos um limite de onde poderíamos atuar no nível de profundidade na pele. E o microagulhamento mesmo com uma agulha menor, que é o que a esteticista está habilitada a usar ele promove muito resultado”.

Natalia explica que nada substitui a parte da eletroterapia e de equipamentos, mas sempre que esses protocolos são associados ao microagulhamento consegue-se aperfeiçoar os benefícios.

O microagulhamento passou por várias modificações e aperfeiçoamentos ao longo dos anos existiam rollers de metal que eram esterilizados, passamos aos rollers descartáveis e temos agora as canetas elétricas. Com o passar do tempo cosméticos específicos foram inseridos ao protocolo de microagulhamento e surgiu assim a técnica de Drug Delivery.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Drug Delivery, significa entregar a substância direto na derme, nessa técnica você  perfura a pele através das agulhas e joga os ativos. A esteticista Nátalia explica que quando realizamos apenas o microagulhamento, a pele entra em um processo inflamatório que libera fatores de crescimento natural, estimulando assim a produção de colágeno. Mas quando ministramos substâncias junto com o microagulhamento conseguimos potencializar os resultados.

Existem algumas formas de fazer o microagulhamento, as mais conhecidas são com os rollers descartáveis e as canetas elétricas. A aplicação com roller é indica para locais com grandes extensões, como o tratamento de estrias no abdômen, por exemplo, é possível aplicar com a caneta, mas se torna mais trabalhoso e ao mesmo tempo tem que ter mais cautela na questão de uniformizar a aplicação. Já a caneta é ideal para a realização do microagulhamento capilar e facial, por que consegue um tratamento mais rápido e preciso.

O microagulhamento pode ser associado com vários tratamentos, mas é importante que respeitemos um prazo entre uma sessão e outra com explica a Natália M. Bannwart Buttendorf “geralmente a gente acaba fazendo o microagulhamento entre 21 dias. É de praxe ela ter um cuidado já nos primeiros dois dias, precisa evitar o uso de filtro solar, maquiagem porque a pele vai estar ainda bem estimulada. Mas depois de uma semana da aplicação pode-se fazer uma hidratação, um protocolo com ácido hialurônico tudo que estimule o colágeno pra hidratar essa pele”.

 

TÉCNICAS 2

NATALIA DE M. BANNWAT BUTTENDORF

TECNOLOGA EM COSMETOLOGIA E ESTÉTICA

 

 

 

 

 

 

 

WHATS

Feche seus tratamentos: Diferencie-se

Sabemos que a área da Estética é uma área crescente em nosso país. E sabemos que o mercado de trabalho é muito exigente em relação às qualificações dos profissionais.

Para nos adequarmos a esse mercado, precisamos seguir normas básicas de biossegurança, termos embasamento científico e teórico, ser responsável com nosso cliente; mas precisamos também de um diferencial, algo que encante e convença! E principalmente, que traga credibilidade ao trabalho.

Chegando o frio, vem com ele o momento propício para tratamentos faciais… e o momento de avaliação é crucial, é onde temos possibilidade de encantar e estimular o cliente a aderir aos tratamentos disponíveis.

A anamnese precisa ser feita.. é clássica!  Com ênfase aos hábitos de exposição solar ao longo da vida, no histórico endocrinológico (que pode requerer exames complementares), e no histórico familiar, especialmente em relação aos cânceres de pele.

Para indicar o melhor tratamento, deve observar os seguintes pontos no processo de sondagem e avaliação do cliente:

  • Biotipo (tipo de pele)
  • Fototipo (cor da pele)
  • Imperfeições
  • Manchas
  • Grau de envelhecimento
  • Grau de flacidez
  • Grau de sensibilidade
  • Hidratação

A definição do biotipo cutâneo é muito importante e existem vários meios para a definição da mesma:

  • Visualização ótica sem aparelho e Palpação mediante o tato: fornecerá dados quanto ao tônus da musculatura, ao grau de hidratação e à superfície (espessura/textura).
  • Lupa: de grande auxílio para a ampliação e melhor percepção dos detalhes, no exame físico.
  • Fotografia: A fotografia é recurso fundamental, pois capta o que os olhos vêem e registra aquele momento da pele. As vantagens são inúmeras, tanto para o paciente, quanto para o esteticista (autocrítica dos resultados) e como valor científico em demonstrações didáticas e publicações.
  • Lâmpada de Wood: (luz negra, irradiação ultravioleta através de vidro de óxido de níquel); é um instrumento rotineiramente usado na investigação diagnóstica da pele.

A lampada de WOOD é a chave para você se diferenciar no mercado fidelizando e atraindo novos clientes.

O equipamento de análise de pele mais completo do mercado é o Derma Scan,

um eficiente analisador de pele onde você profissional poderá visualizar todos os problemas da pele de seu cliente, mostrar resultados, antes e depois e optar pelo melhor tratamento. Além disso você poderá fotografar, filmar, e postar nas redes sociais os seus resultados.

Saiba mais sobre essa incrível ferramenta de diferenciação de fechamento de pacotes.

Como funciona?

Do lado onde fica o profissional é colocada uma lente de cristal óptico com aumento de 5 graus.

Do lado da cliente existe um compartimento escuro onde é possível trabalhar em ambientes com luminosidade sem interferir nos efeitos da lâmpada de Wood – só possível em ambiente escuros.

É utilizado para diagnósticos e análises de pele, tais como: Verificação da profundidade de manchas; Verificação da oleosidade; Ressecamentos; Discromias; Lesões pigmentares; que se apresentam em tonalidades diferentes!

Diferenciais e benefícios

  • Permite verificar profundidade de manchas, presença de oleosidade, ressecamento, discromias, lesões pigmentares, entre outros;
  • A utilização da lâmpada ajuda a definir a extensão, o grau e a localização da lesão pigmentar de modo rápido e prático;
  • Pode-se através do diagnóstico com o Derma Scan determinar se uma alteração hipercrômica encontra-se em nível epidérmico ou dérmico;

 

Derma Scan também possui:

  • Lâmpada branca de contraste
  • Espelho dupla face interno (com ou sem aumento) para o paciente acompanhar o procedimento
  • Ventilador interno que proporciona um clima agradável para o pacient
  •  Lente de aumento que possibilita imagens extremamente nítidas
  •  Iluminação padronizada que garante fidelidade para avaliação do antes e depois
  • Suporte Universal para smartphones que possibilita a captação de imagens e vídeo

Veja como funciona:.

Existem ferramentas que diferenciam um trabalhou de outro, um profissional de outro, um serviço de outro.

A diferenciação é a chave para prosperar, ter melhores resultados, criar valor para o seu cliente e fidelizar o mesmo.

Diferencie-se. 

 

 

 

 

 

 

Escrito por:.

 

 

TÉCNICAS-3

Christina Borges Mezaroba 

Tecnóloga em Cosmetologia e Estética

Responsável técnica de cursos – Goreti Shopping da Estética, Itajaí